Comenda de Aljustrel

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADBJA/COMAJT
Title type
original
Date range
1683 Date is certain to 1684 Date is certain
Dimension and support
1 liv.
Extents
1 Livros
Biography or history
A comenda de Aljustrel foi concedida por Dom Afonso III à Ordem Militar de Santiago de Espada pelo papel prepoderante na reconquista do Baixo Alentejo.

Em carta régia a 7 de dezembro de 1310 D. Dinis proibe a violência cometida pelos comendadores de Mértola, Alcácer e Aljustrel nos termos das suas terras.

A 16 de fevereiro de 1255, confirma a doação do castelo de Aljustrel, termos e pertenças feita por D. Sancho II à Ordem de Santiago no ano de 1235.

A Comenda de Aljustrel foi visitada pela primeira vez a 25 de fevereiro de 1482 pelos fidalgos e cavaleiros da Ordem de Santiago que inquiriram sobre o estado dos bens da mesma, à data apresentou-se Fernão Mascarenhas, fidalgo da Casa Real, como comendador da Vila e responsável por muitos dos edifícios.
Custodial history
Em 1988, a documentação, que se encontrava na Direção de Finanças, Repartição da Tesouraria do Distrito de Beja foi incorporada no Arquivo Distrital de Beja.

A documentação foi sujeita a tratamento arquivístico, no início da década de 1990. O grupo de Arquivos Eclesiásticos encontrava-se dividido por cinco Grupos de Fundos. Cada um deles é composto pelos fundos conventuais, neles se incluem toda a documentação proveniente do respectivo cartório, aquando da sua extinção em 1834. O Grupo de fundos foi organizado por Ordens Religiosas e ordenados alfabeticamente.

No ano de 2012, no âmbito do regulamento do Concurso: “Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais 2012”, promovido e patrocinado pela Fundação Calouste Gulbenkian, o Arquivo Distrital de Beja, apresentou a candidatura: “Projeto – Ordens Monástico-Conventuais no Baixo – Alentejo, 1415-1911”, processo n.º 123075, tendo a mesma sido aprovada. Esta candidatura possibilitou a mais recente intervenção arquivística possibilitando a descrição e digitalização.
Acquisition information
Incorporação proveniente da Direção de Finanças, Repartição da Tesouraria do Distrito de Beja em 1988.
Scope and content
Tombo
Arrangement
Organização em séries documentais correspondendo à tipologia formal dos actos.
Access restrictions
Comunicável, salvo os originais em mau estado de conservação.
Conditions governing use
Reprodução sujeita a restrições atendendo ao número, tipo de documento, estado de conservação e existência de cópia em formato digital. Sujeito à tabela emolumentar em vigor.
Other finding aid
ARQUIVO DISTRITAL DE BEJA - [Base de dados de descrição arquivística]. [Em linha]. Beja: ADBJA, 2013- . Disponível no Sítio Web e no Portal português de Arquivos. Em actualização permanente.



DIAS, MARIA DA GRAÇA, “Aljustrel no século XIII: subsídios para o estudo da Ordem de Santiago de Espada”, Aljustrel : Vipasca N.º 1, 1992.



INSTITUTO DOS ARQUIVOS NACIONAIS/TORRE DO TOMBO - "Ordens monástico-conventuais: inventário: Ordem de São Bento, Ordem do Carmo, Ordem dos Carmelitas Descalços, Ordem dos Frades Menores, Ordem da Conceição de Maria." Coord. José Mattoso, Maria do Carmo Jasmins Dias Farinha. Lisboa: IAN/TT, 2002. XIX, 438 p. ISBN 972-8107-63-3.



Inventário artístico de Portugal : Distrito de Beja. Lisboa : Academia Nacional de Belas Artes, 1992. 2 vol : il ; 30 cm



Goes, Manuel Lourenço Casteleiro de, 1945- Beja : XX séculos de história de uma cidade / Casteleiro de Goes. - Beja : Câmara Municipal de Beja, 1999. - Vol. 2

Creation date
19/02/2009 00:00:00
Last modification
18/10/2013 15:47:25